Alma Viajante  

Conhecendo o Mundo e Compartilhando Experiências

Checklist: Como fazer a sua mala para o Atacama

03.10.2018

Preparar uma mala para ir ao Deserto do Atacama, não é uma das tarefas mais fáceis. É preciso ter de tudo um pouco, com itens que variam de altas temperaturas, até as mais baixas. E dependendo dos passeios que você irá fazer, irá precisar de mais itens ainda. rs

 

E listamos tudo que é necessário para sua viagem, abaixo: 

 

 

 

Checklist: Como fazer a sua mala para o Atacama

 

ROUPAS:

 

As temperaturas no Deserto do Atacama variam muito! Mesmo se você for no inverno, terá dias de sol, onde poderá sentir calor. E mesmo no verão, alguns passeios são em lugares a mais de 4.000 metros de altitude, e você sentirá muito frio. Então não tem jeito, é bom levar de tudo um pouco.

Normalmente os passeios saem pela manhã e voltam ao final da tarde, passando o dia todo fora, e sentindo todas as temperaturas possíveis, e normalmente acontece aquele efeito cebola, onde aos poucos você vai tirando as camadas de roupas.

 

 

BLUSAS:

Leve ao menos três camadas. O ideal seria: uma blusa segunda pele, uma blusa fleece, uma jaqueta quebra-vento, e um casaco grande. 

Dependendo do dia e do passeio, você pode usar só a fleece, com o quebra-vento, ou só a fleece com o casaco, e tudo vai depender do frio que você sente também.

Para alguns passeios, vale levar umas roupas mais leves, como uma camiseta. 

 

 

CALÇA:

Para a parte de baixo, a regra é basicamente a mesma. Uma calça segunda pele e uma calça legging ou uma mais quentinha, como de lã ou de veludo. 

Vale levar um shorts para os passeios que fazem mais calor, como o das Lagunas Escondidas. 

 

 

CALÇADOS:

Um tênis ou bota de trekking, para fazer as trilhas. Não é necessário nenhum tênis muito especial, a não ser que você suba um vulcão e coisas do tipo. Abuse das meias, que são sempre bem vindas, como as grossas e de lã. 

 

 

ACESSÓRIOS: 

Os acessórios são imprescindíveis! Você vai usar em algum momento de sua viagem, chapéu ou boné por conta do sol, e principalmente os trajes de banho. 

Há no mínimo uns três passeios com banho pelo Atacama, e com certeza em sua viagem terá também. Então antes de sair para o tour, já verifique com o guia se terá algum passeio com banho, para colocar os trajes por baixo.

A água com sal acaba manchando e desgastando os biquínis, então caso não queira estragar os seus, leve algum mais velho. 

Lembre-se também, de levar uma toalha e talvez uma outra troca de roupa, se preferir. 

 

 

VEJA TAMBÉM: 

Vulcão Lascar: Como subir o Vulcão mais Ativo do Deserto do Atacama!

Bem-Vindos ao Deserto do Atacama!

Deserto do Atacama: os Geisers, o Trekking de Guatin e as Termas de Puritama

Bagagem: Saiba como arrumar a sua e viajar leve!

 

 

Checklist: Como fazer a sua mala para o Atacama

 

 

USO PESSOAL:

 

ÁGUA, MUITA ÁGUA!

O Deserto do Atacama é um destino muito seco, e principalmente por conta da altitude, isso acaba se agravando um pouco.

Por lá, é recomendável tomar no mínimo 2 litros de água por dia, tanto na noite anterior ao passeio (um litro), quanto na manhã seguinte (mais um litro). 

A água ajuda a amenizar os sintomas do mal de altitude, como as dores de cabeça, os enjoos e tonturas.

 

 

HIDRATANTE E ÓLEO CORPORAL: 

Leve muito hidratante! Mesmo que você não goste de usar, você vai perceber sua pele pedindo por ele. Use e abuse, inclusive daqueles para pele extra seca, porque como o clima é bem seco, e ele não fica tão oleoso. 

 

 

HIDRATANTE E PROTETOR LABIAL:

Não se esqueça do protetor labial e se preferir, leve o Bephantol, que pode ser usado nos lábios e em todo o corpo (para as regiões mais secas, vale a pena passar). 

 

 

PROTETOR SOLAR:

Não se engane com o sol do deserto quente e o ventinho gelado, que dá uma sensação de não estar queimando nada, mas está sim, e muito! Então abuse do protetor, principalmente no rosto, porque normalmente é a parte do corpo que fica mais exposta aos raios solares. 

 

 

SORO FISIOLÓGICO PARA O NARIZ E COLÍRIO PARA OS OLHOS: 

O soro e o colírio podem ajudar muito nos incômodos causados por conta da baixa umidade do ar por lá, facilitando um pouco a respiração e a visão. 

 

 

PAPEL HIGIÊNICO, LENÇO UMEDECIDO E SACOLINHA:

Em meio ao deserto, qualquer banheiro que se encontra, é considerado um item de luxo, então aproveite.

Porque normalmente, na maioria dos casos é utilizado o famoso banheiro inca, que é ao ar livre mesmo, atrás de alguma moita. rs

Aqui vale deixar toda timidez de lado, e fazer suas necessidades, porque evitar beber água por isso, ou ficar segurando, pode causar os maus de altitude. É legal levar papel higiênico ou lenço umedecido na bolsa, e uma sacola para levar o lixo embora. 

 

 

REMÉDIOS:

Assim que a altitude começa a chegar, vem com ela também o primeiro sintoma do mal de altitude, a dor de cabeça. Se você tomar bastante água, provavelmente não terá problemas com isso, mas vale levar algum remédio por precaução para dores de cabeça ou enxaqueca.

 

 

SNACKS: 

As distâncias entre um atrativo e outro é grande, normalmente não há locais no meio da estrada para comprar nada e acabam ficando várias horas sem comer. Por isso, é muito importante levar alguns lanches na bolsa, para se prevenir e se bater uma fome, ter algum lanchinho. 

 

 

Espero que sua viagem ao Deserto do Atacama seja uma experiência incrível! 

Depois compartilhe aqui conosco, o que acho do deserto mais árido do mundo. (:

 

 

 

Please reload

SOBRE

Juliana Santos, que deseja mostrar a todas as pessoas, que viajar é mais do que conhecer lugares, é provar e compartilhar experiências! E que basta mudar a nossa visão sobre as coisas e lugares, olhando positivamente, que sempre teremos experiências engrandecedoras.

RESERVE SEU HOTEL 

SOLICITE SEU ROTEIRO PERSONALIZADO

ALUGUE SEU CARRO

Já pensou em Viajar e unir Experiência e Propósito?

22 Jan 2019

13 Hotéis, Pousadas e Refúgios para curtir o Verão no Litoral Sudeste do Brasil!

20 Nov 2018

Com estilo, sem pesar no bolso: 16 Hostels Estilosos pelo Brasil!

24 Oct 2018

1/1
Please reload