Alma Viajante  

Conhecendo o Mundo e Compartilhando Experiências

10 Motivos para fazer a mala e ir pro Deserto do Atacama agora!

22.10.2019

O Deserto do Atacama foi um dos lugares mais impressionantes que já visitei até hoje. Embora não tenha viajado muito, de tudo o que já vi, esse lugar se torna realmente único, e gostaria de compartilhar com você dez motivos para colocar esse paraíso na sua lista de destinos e desejos de viagens, porque realmente vale muito a pena. Se liga:

 

 

VOAR E ATRAVESSAR A CORDILHEIRA DOS ANDES:

Uma das coisas mais impressionantes é: sobrevoar os Andes!

E parece que o comandante sente que os passageiros a bordo querem ver todos os detalhes, e ele vai mais devagar e mais rente aos picos nevados, a coisa mais linda de se ver. 

 

 

CURTIR AS RUAS DE SAN PEDRO, SEUS VISITANTES E SUAS MÚLTIPLAS NACIONALIDADES:

Andar pelas ruas de San Pedro de Atacama é um barato só. Idosos, trilheiros, rippies vendendo sua arte para conseguir seguir viagem pela Bolívia e gente de todo o mundo pra lá e pra cá, só esperando o dia amanhecer para experienciar o próximo destino do Deserto mais incrível do mundo. Vale aproveitar para experimentar a culinária local com empanadas e beber vinhos chilenos. 

 

 

VER FLAMINGOS E LHAMAS POR TODA A PARTE:

Andar pelo Deserto do Atacama é como estar andando pelo meio do cerrado brasileiro, apesar de ser extremamente seco, é cheio de vida, e a qualquer momento, lá pelo meio das montanhas você pode ser surpreendido com Lhamas e Flamingos, enfeitando e dando mais charme as paisagens para as suas fotos. 

 

 

CONHECER DESERTOS DE SAL: 

Não é um como um Salar do Uyuni, mas em diversos pontos do Deserto do Atacama é possível passar por desertos de sal, como nas próprias Lagunas Escondidas e na Laguna Chaxa, sentir o sal no seu rosto e por todo seu corpo.

 

 

BOIAR EM LAGUNAS COLORIDAS DE SAL:

No Atacama também existem diversas Lagunas - lagoa com água salobra, onde é possível entrar e simplesmente boiar, como no Mar Morto. A concentração de sal é tão alta, que faz com que nosso corpo não afunde dentro da água. Essa é uma das experiências que não podem faltar em sua viagem, e se você for as Lagunas Escondidas de Baltinache, vai ter uma experiência realmente incrível. 

 

 

VEJA TAMBÉM:

Bem-Vindos ao Deserto do Atacama!

Vulcão Lascar: Como subir o Vulcão mais Ativo do Deserto do Atacama!

Checklist: Como fazer a sua mala para o Atacama

Deserto do Atacama: os Gêisers, o Trekking de Guatin e as Termas de Puritama!

 

 

CONHECER UM GÊISER:

Encontrados em locais de possíveis atividades vulcânicas, os gêisers são nascentes que entram em erupção periodicamente. Normalmente assim que está amanhecendo é a hora dos picos mais fortes e potentes, e conforme vai amanhecendo eles vão diminuindo até pararem completamente, e voltarem a acontecer somente no dia seguinte.

 

 

MERGULHAR EM ÁGUAS TERMAIS NO MEIO DO DESERTO: 

Pra relaxar a melhor pedida é visitar as Termas de Puritama! A mais de 3.400 metros de altitude do nível do mar, você pode relaxar e curtir as águas termais e quentinhas das oito piscinas de Puritama. E para quem gosta de um pouco mais de aventura, é possível fazer o Trekking de Guatin, e finalizar a trilha nas piscinas para refrescar e curtir o restante do dia por lá. 

 

 

SUBIR UM VULCÃO: 

Essa é de longe uma das experiências mais incríveis que você poderá vivenciar no Deserto do Atacama. Subir um vulcão, diante de diversas circunstâncias externas que te fazem repensar sobre isso, como o frio, cansaço, medos, e a mente que te faz acreditar que você não é capaz em alguns momentos. 

Mas finalizar um tour desses é ter a real proporção de que você tem total controle sobre si mesmo através da sua mente, além de todos os obstáculos ultrapassados, como superar limites, quebrar barreiras e paradigmas que nunca imaginou, e ter a sensação de estar no topo de um vulcão que pode entrar em erupção a qualquer momento, como é o caso do Lascar que está a mais de 5.300 metros de altitude.

 

ACAMPAR UMA NOITE NO DESERTO E VER A VIA LÁCTEA:

Montar acampamento no meio do deserto, ter conversas a beira de uma fogueira, tirar fotos e ver a Via Láctea, acordar e tomar café da manhã ali, não tem preço. É uma das experiências que ficaram reverberando a sua mente por bastante tempo, e sempre que lembrar de cada detalhe, vai se sentir grato por ter se permitido vivenciar essa experiência.  

 

 

SENTIR OS MALES DE ALTITUDE CONSTANTEMENTE:

É ruim? É, mas faz parte da experiência de estar em San Pedro de Atacama, e no Deserto mais alto do mundo.

Na cidade até que os sintomas são pouco sentidos, mas conforme vai subindo para os atrativos de maiores altitudes, você vai sentindo enjoos, dores de cabeça e a pressão.

DICA: por isso que é recomendável ter uma crescente nos passeios pelo deserto, e ir começando aos poucos, e finalizar a viagem, com os atrativos mais altos, como por exemplo, o vulcão Lascar.

 

 

E você, conhece o Deserto do Atacama? 

Que experiências teve por lá que te fez indicar para que seus amigos visitassem o deserto mais alto do mundo? 

O que achou dos motivos listados aqui? Tem mais algum? Coloca aqui nos comentários para sabermos. (:

 

 

 

Please reload

SOBRE

Juliana Santos, que deseja mostrar a todas as pessoas, que viajar é mais do que conhecer lugares, é provar e compartilhar experiências! E que basta mudar a nossa visão sobre as coisas e lugares, olhando positivamente, que sempre teremos experiências engrandecedoras.

RESERVE SEU HOTEL 

SOLICITE SEU ROTEIRO PERSONALIZADO

ALUGUE SEU CARRO

Já pensou em Viajar e unir Experiência e Propósito?

22 Jan 2019

13 Hotéis, Pousadas e Refúgios para curtir o Verão no Litoral Sudeste do Brasil!

20 Nov 2018

Com estilo, sem pesar no bolso: 16 Hostels Estilosos pelo Brasil!

24 Oct 2018

1/1
Please reload