• Juliana Santos

Florença, pelo olhar da Denya Pandolfi do Blog Grazie a Te


A oitava entrevista da Série BRASILEIROS PELO MUNDO, que tem o intuito de trazer mais dicas, conhecimentos e compartilhar experiências com os leitores do blog, será por uma cidade conhecida por ser um museu à céu aberto! :D

Como diz a querida Denya do Blog Grazie a Te, acordar todos os dias em uma das cidades mais lindas do mundo é realmente maravilhoso! Em Florença a beleza está em todos os lugares… nas cenas do cotidiano!

Vejam abaixo a entrevista completa, com todas as dicas dela, para você não perder nada em sua viagem para Florença e Itália! :D

QUER SABER ONDE ESTÁ A ALMA VIAJANTE?

SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES SOCIAIS

INSTAGRAM | FACEBOOK

Em um breve resumo:

Qual local está morando? Firenze, Itália.

Há quanto tempo? Desde 2005.

E porque foi morar ai? Vim morar aqui porque é a cidade do meu marido.

Defina este local em uma palavra: Arte

É um local bom para viver? Como foi a expectativa que tinha antes de chegar, e a realidade que encontrou?

Sim, atualmente adoro morar aqui mas no início não foi fácil.

Eu já conhecia a cidade como turista e também já tinha passado curtas temporadas para ir me familiarizando.

O que mais te impressiona nessa cidade? E o que mais te marca?

Me impressiona ter acesso a obras de arte tão grandiosas no meu cotidiano.

De vez em quando caminho pelas ruas e lembro a mim mesma que é um grande privilégio viver aqui.

Abrir a janela de casa e ter o Duomo de Firenze à minha frente é algo impressionante!

Como caracteriza os moradores locais dessa cidade?

São um pouco fechados e desconfiados.

Como terminaria essa frase: “Não podem sair desse local sem...”

Visitar o Duomo de Firenze.

LEIA TAMBÉM:

Charlotte, Carolina do Norte pelo olhar da Thalita Bueno

Vancouver, no Canadá pelo olhar da Caroline Andrade

São Francisco, nos EUA pelo olhar da Daffny Vieira, do Blog Abordo no Mundo!

Orlando, nos EUA pelo olhar da Aline Soares!

Conte-nos truques e dicas para economizar dinheiro nesta cidade.

Evitar tomar café nas praças perto das maiores atrações.

Algumas dicas para economizar: buscar as trattorias com menu fixo na hora do almoço, fazer um aperitivo no final do dia, pois você paga pelo drink e pode se servir à vontade no buffet

UTILIZE NOSSOS PARCEIROS E AJUDE O BLOG A FICAR SEMPRE ATUALIZADO!

Quais são os pratos típicos que todos os visitantes devem provar dessa cidade? (pode ser petisco, prato ou algo exótico);

A gastronomia da Toscana é espetacular!

Dentre os pratos locais estão: pappa al pomodoro, os presuntos e queijos, panzanella, panino al lampredotto e para os amantes da carne, a bistecca alla fiorentina.

Tudo depende da época do ano, pois os pratos são preparados de acordo com a sazonalidade dos produtos.

Neste post AQUI indico tudo com detalhes.

Para termos experiências gastronômicas locais, em botecos, lugares tradicionais, barzinhos e gastando pouco, onde poderíamos almoçar ou jantar? E o que pedir?

Existem muitas trattorias e restaurantes na cidade que são excelentes e oferecem produtos genuínos e de qualidade, como Nella, Marione, Casalinga e Il Santo Bevitore.

Para fast-food tem a via de' Neri, uma rua dedicada às delícias locais com muitas opções econômicas!

Indique um café e um museu nesta cidade.

Ditta Artigianale e o museu, sem duvida, o Uffizi!

Uma decisão difícil é definir onde se hospedar – prezando lugares centrais, com fácil acesso a transportes públicos. Onde você indicaria para se hospedar nesta cidade?

Firenze é uma cidade não muito simples para hospedagem pois muitas construções são antigas. Depende muito do estilo que o turista busca. Acho mais simples pegar a relação que preparei neste post AQUI onde explico detalhes.

Tem alguma dica ou sugestão para quem deseja fazer compras nesta cidade?

As ruas principais são Calzaiupli, Panzani e para lojas de grife a Tornabuoni e Strozzi.

Qual é o maior segredo desta cidade? (pode ser uma loja, um barzinho, um restaurante, um parque, uma galeria de arte, algo que seja mesmo “a tua cara”).

Uma pracinha no Oltrarno, chamada Piazza Della Passera, adoro esse canto da cidade!

QUER SABER ONDE ESTÁ A ALMA VIAJANTE?

SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES SOCIAIS

INSTAGRAM | FACEBOOK

Qual é o local imperdível pra gente ir em uma sexta ou sábado à noite?

Não saio muito à noite, no máximo faço aperitivos (happy-hour) no final do dia ou saio pra jantar.

Recomendo os rooftops no horário do pôr do sol, qualquer dia da semana.

Existe algum lugar da cidade que está fora do roteiro turístico, e você indicaria para conhecermos?

Sim, a região do Oltrarno, que é a minha preferida! É um reduto de artesãos, artistas e intelectuais.

É uma Firenze bem autêntica e interessante!

Existe algum lugar que quando você vai tem a sensação de estar em um lugar totalmente diferente daqueles do seu cotidiano?

Sim, restaurante La Mènagère e também no Il Locale.

O que da cultura local é forte? Que os locais dão bastante importância? (uma festa, ritual, esporte, que seja uma marca do local).

Sem dúvidas o Calcio Storico, modalidade esportiva que lembra muito o rugby e que surgiu aqui na Idade Média.

As partidas são sempre disputadas entre 4 times, que representam uma região da cidade.

A final, super aguardada, acontece sempre no dia 24 de junho, dia do padroeiro da cidade, São João.

Existe alguma experiência especial que nós visitantes devemos fazer?

Andar de bicicleta... ah, como é bom circular pela cidade de bike!

Em um domingo ensolarado, o que devemos fazer nessa cidade?

Um piquenique bem caprichado com quitutes e vinhos locais.

LEIA TAMBÉM:

Havaí: O Paraíso das Ondas, nos EUA pelo olhar da Sabrina Maia

Toronto, no Canadá pelo olhar da Carolina Dantas

Dublin, pelo olhar da Flávia do Blog Orblove

Existem projetos criativos ou partes revitalizadas da cidade pelo governo que nós devemos visitar? Quais?

Um prédio muito bonito é o Teatro dell'Opera de Firenze, perto do parque delle Cascine.

Há algum mercado local, a cara da cidade? E o que ele tem de especial para conhecermos?

Os mercados de antiguidades que acontecem nas praças da cidade. Nesses locais a gente pode conferir o estilo de vida do fiorentino e seus hábitos. Adoro frequentar esses mercados!

Conte-nos alguma música/cantor e livro/autor local que você se identifica, e porque escolheu eles?

Eu me identifico com cantores e escritores mais das antigas (rs). Mas sinceramente, não são de Florença.

UTILIZE NOSSOS PARCEIROS E AJUDE O BLOG A FICAR SEMPRE ATUALIZADO!

Se estiver com saudades do Brasil, onde devemos ir para matar as saudades? (Pode ser um local, restaurantes, bar, galeria ou região).

Na verdade estive apenas uma vez e há muitos anos... é um local chamado Rio Grande onde servem inclusive churrasco, mas não fica no centro histórico de Firenze, é fora da cidade (cerca de 20 minutos de carro do centro).

Vamos tentar fazer um roteiro básico de 03 dias por essa cidade? Indique coisas que em sua opinião, são obrigatórias para ver, fazer e visitar.

Florença tem muito a oferecer!!!

E o que adoro é que a cidade é relativamente pequena e suas principais atrações ficam no centro histórico: museus, praças e igrejas lindíssimas! Mas em 3 dias não dá pra ver tudo.

Dentre as igrejas imperdíveis na cidade estão o Duomo Santa Maria del Fiore, a Basílica de Santa Croce e a Basílica de Santa Maria Novella.

E dos museus, sem dúvidas o Uffizi, que reúne o maior acervo de obras do Renascimento do mundo, o Palazzo Pitti com os jardins de Boboli, Accademia, o Museu dell'Opera de Firenze e o Bargello.

Quem visita Firenze compreende o significado de museu a céu aberto: cada esquina, praça e canto da cidade traz riquezas artísticas e arquitetônicas que impressionam. Caminhar pela Piazza della Signoria, que abriga o majestoso Palazzo Vecchio, e admirar as maravilhosas esculturas que adornam a Loggia dei Lanzi é testemunhar séculos de história através da arte.

E o que sempre falo no blog e nas redes sociais é que os visitantes precisam reservar um tempo para girarem sem rumo para descobrir, desbravar e absorver o espírito da cidade.

Atravessando a Ponte Vecchio, cartão-postal de Firenze, a gente começa a explorar o Oltrarno, região mais autêntica e pouco frequentada pelos turistas, que cruzam a ponte apenas para visitarem o Palazzo Pitti. O Oltrarno é um bairro charmoso e muito interessante, repleto de artesãos, bistrôs e bodegas.

Inclusive é ali que fica Borgo San Frediano, praticamente uma rua que acaba de ser eleita pelo Lonely Planet como o cantinho mais cool do mundo!

E claro, é preciso incluir no passeio uma visita ao Piazzale Michelangelo, de preferência no final do dia. O panorama lá de cima é incrível!

Claro que cada pessoa tem um ritmo e interesse diferente. Algumas pessoas adoram museus e outras preferem compras e gastronomia. O negócio é adaptar o roteiro de acordo com cada perfil.

Do que você sente mais falta no Brasil?

Da minha família e dos amigos de uma vida! Tenho muitos amigos queridos e amados no Brasil, eles fazem muita falta!

QUER SABER ONDE ESTÁ A ALMA VIAJANTE?

SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES SOCIAIS

INSTAGRAM | FACEBOOK

E você gostou das dicas incríveis da Denya? :D Eu amei e já quero conhecer e explorar tudo por Florença! Deixe sua opinião e comentário sobre o post aqui embaixo. Vou amar saber a tua opinião! (:

E fique de olho no Insta e Blog Grazie a Te da Denya sempre com dicas incríveis de Florença e região!

Resposta BAV: Denya, querida!! Agradecemos de coração sua disponibilidade em participar da Série BRASILEIROS PELO MUNDO, que tem o intuito de trazer mais dicas aos leitores do Blog Alma Viajante. Esperamos em breve poder conhecer esses lindos lugares, sentir a atmosfera fiorentina e te visitar. Muito obrigada por participar! :D

#brasileirospelomundo #Entrevista #Destino #experiência #destino #experiências #Europa #Itália #Florença #GrazieaTe #mundo

119 visualizações