Alma Viajante  

Conhecendo o Mundo e Compartilhando Experiências

As viagens, o autoconhecimento e o vírus

Tudo é reflexo, tudo é espelho, e tudo que estamos passando nada mais é do que uma realidade de "caos" que também está dentro de nós, no micro e no macro.

De certa forma, através do inconsciente coletivo acabamos acessando sentimentos e sensações que a grande maioria sente, e ficamos confusos, mais pra baixo, ansiosos sem saber o que está por vir.


Eu, por um momento fiquei sem entender e bem introspectiva com toda uma nova realidade que ia se mostrando em minha vida, mesmo sendo bem otimista e positiva. E o bom disso, é que vamos reaprender muitas coisas nesse novo momento do planeta.


Depois desse breve período de introspeção e mudanças por aqui, resolvi compartilhar a minha verdade sobre toda a situação atual que nos ronda, relacionando ao autoconhecimento e as viagens, que também são puras formas de aprender, reaprender e ressignificar.

Então bota aquela playlist bapho, pega o snack e senta que vem muita inspiração para você. (:


Num mundo louco, principalmente como São Paulo, a cidade que nunca para, é impossível imaginar que tudo pudesse parar, e realmente parou. Se não parou totalmente, parou em partes e para a grande maioria de seus habitantes. Não apenas em São Paulo e no Brasil, mas sim, no mundo todo, no coletivo.


E daí começam os questionamentos:

"Como vão ser as coisas?", "O que vai acontecer daqui pra frente?", "Eu não aguento mais ficar em casa com minha família", "Tem sido dias bem difíceis pra mim", "Hoje chorei de saudades dos meus amigos", "Tenho sentido muita ansiedade"...e por ai vai.

Obs.: todas as falas acima, são de diálogos reais que tive durante as semanas passadas.


Aquietar-se, interiorizar, parar, é algo completamente novo para todos nós. É natural não sabermos lidar, e é natural sentirmos sensações desafiadoras, porque estamos literalmente aprendendo a lidar com este novo momento. É importante deixar a mente leve e fluída para todos os tipos de reações. Está tudo bem não reagir tão bem a um momento novo da sociedade. Tente não se cobrar tanto!


É evidente, todos sentimos, porque afeta no coletivo! Uns lidam de formas mais leves, outros de formas mais rígidas. E só a leveza e a aceitação é que fazem com que consigamos fluir neste momento. Sem ficar muito apegado à tudo que está "parado", como empregos, contas, dinheiro e tudo mais.


É claro que vemos um lado extremamente desafiador acontecendo atualmente, com uma pandemia mundial ainda sem uma possível cura, e é o que vemos todos os dias nas tvs. Mas também podemos aproveitar o momento para aprender a ressignificar muitas coisas em nossas vidas.


O isolamento traz à tona questões que talvez não estávamos querendo enxergar, ou que muitas vezes mantemos só na superficialidade, porque sempre ficamos fora, no trabalho, nos rolês, nos encontros, e não tínhamos tempo para olhar pra dentro. E agora, o planeta todo tem essa oportunidade, de se auto-observar.


Aproveitar o momento para se aprofundar nas questões pessoais é uma oportunidade de sair muito melhor, quando toda essa situação acabar. Apenas se observe, se questione e traga autorresponsabilidade para as situações ao seu redor.


O que você já ressignificou nestes dias de interiorização?

O que você irá valorizar ao final da quarentena?

O que mais tem te incomodado nesses dias de isolamento?


O mesmo, acontece com as viagens. Basta ressignificar a forma de enxergar as coisas, e tornar uma grande oportunidade de autoconhecimento, e não somente uma viagem de lazer.


Viajar é autoconhecimento, com todos os aprendizados, com os novos conhecimentos, com as possibilidades de vivenciar o novo, com a oportunidade de experienciar lugares e culturas incríveis, e tudo que você pode aprender e reaprender em uma viagem, independente do lugar.


Tudo é reflexo, tudo é espelho e tudo está conectado.

Para que possamos voltar a viajar no futuro, é necessário ressignificar todo o momento atual que estamos passando, ver através de novas lentes, novas perspectivas.

E num futuro...vivermos mais conscientes e enxergarmos tudo como uma forma de se autoconhecer, neste momento atual e inclusive durante as viagens.


Se dê a oportunidade de evoluir, aprender e se tornar uma pessoa melhor no futuro. Isso, irá facilitar todos os seus processos, tanto internos quanto externos, além de ajudar no coletivo.

Agora imagine...e se todos se dessem a oportunidade de se melhorar só um pouquinho durante os dias de quarentena..imagine o quanto teríamos um coletivo melhor ao final de tudo isso?

A mudança começa com cada um de nós! (: #issovaipassar



SOBRE

Juliana Santos, que deseja mostrar a todas as pessoas, que viajar é mais do que conhecer lugares, é provar e compartilhar experiências! E que basta mudar a nossa visão sobre as coisas e lugares, olhando positivamente, que sempre teremos experiências engrandecedoras.

RESERVE SEU HOTEL 

SOLICITE SEU ROTEIRO PERSONALIZADO

ALUGUE SEU CARRO