• Juliana Santos da Silva

Experiência: Como é viajar e voluntariar ao mesmo tempo!

Através dos processos da vida e consequentemente das viagens, obviamente não em tempos de quarentena, mas sempre recebi muitas perguntas sobre como é viajar e voluntariar ao mesmo tempo.


E digo que varia muito de voluntariado para voluntariado, de lugar para lugar, de pessoa para pessoa que você irá experienciar tudo isso junto, e diversos outros fatores.


Acredito que é realmente uma experiência intensa e transformadora, porque é algo que não depende apenas de você. Terão outras pessoas ao seu redor e a forma como você recebe o que ela te dá, e a forma que você retribui as coisas para ela, também influenciam.


Gosto de dizer que é uma das experiências mais incríveis que já tive, porque realmente você entra na cultura, nos costumes e hábitos do lugar. Você vai conhecer muitas pessoas e fazer amizades para a vida toda, e vai vivenciar a cidade como um morador local.


Mas também terá obrigações a serem cumpridas, como a carga horária de trabalho diário e a própria rotina do local de voluntariado, como por exemplo, almoçar as 11h porque o almoço é servido neste horário, e diversos outros fatores que te fazem repensar se deve ou não fazer um voluntariado.


Mas o principal que posso dizer é: voluntariar é estar aberto a experienciar o que o local te proporciona, e isso as vezes, fere a nossa expectativa de viagem, porque viajar como voluntário, não é como viajar à lazer, e muitas vezes essa expectativa pode não ser atingida.


Como o simples fato de talvez um colega de voluntariado passar mal, e você ter que ficar a mais no trabalho. Ou trabalhar em um feriado. Ou ainda, estar como voluntário em um resort e não poder entrar na piscina de borda infinita. E diversos outros fatores que variam de voluntariado para voluntariado, e de lugar para lugar, e te faz repensar.


Eu sempre gostei de um desafio, de enfrentar situações desafiadoras e vivenciar naquilo, para sair mais forte e resiliente, então eu digo que viajar e voluntariar é extremamente transformador e engrandecedor, porque você volta com uma nova perspectiva de mundo, de histórias e vivências.


Quando acabar a quarentena, se permita experienciar uma viagem assim..

Se desafie, e depois me conta como foi! (:



0 visualização